Empreender - O Intraempreendedorismo como competência organizacional
Empreender

 

(19) 3722- 1030 / 9 9325-9045

Artigo

O Intraempreendedorismo como competência organizacional
21/12/2016


Hoje o assunto é sobre o intraempreendedorismo, também conhecido como empreendedorismo corporativo. É essencialmente um conjunto de princípios e práticas que integram ações voltadas à revitalização do negócio como um todo e à busca da inovação em todos os níveis organizacionais. O Intraempreendedorismo visa acelerar as inovações dentro das empresas e organizações, através da melhor utilização dos talentos empreendedores de seus colaboradores. Empreender dentro das organizações é apresentar ideias, soluções, projetos, colocar essas ideias em ações, gerar resultados e obter novos êxitos. O intraempreendedorismo basicamente consiste em incentivar a pro atividade e inovação, ou seja, antecipar as mudanças de cenários e às necessidades e expectativas, não só dentro da própria organização, mas também de todos os envolvidos, implantando ideias que sejam um diferencial competitivo. Para que uma empresa seja empreendedora e inovadora, é importante que ela saiba gerir pessoas, seu capital intelectual, tratar seus colaboradores como parceiros, incentivando sua participação nas decisões e utilizando ao máximo seus talentos para a obtenção da sinergia necessária para seu desenvolvimento. Nessas empresas, os responsáveis apoiam as iniciativas empreendedoras de seus colaboradores, incentivam a experimentação e conseguem gerenciar bem possíveis erros. Os colaboradores são encorajados a atuar como intraempreendedores e a desenvolver novas oportunidades de negócio dentro da estrutura corporativa existente. Além de melhorar os processos, rotinas administrativas e políticas operacionais de maneira a se alinhar com as verdadeiras necessidades da própria organização e dos seus clientes. Baseado na análise do cenário atual, cada vez mais competitivo, minha opinião é que empreendedorismo corporativo representa o caminho para o futuro econômico e promissor e as organizações que adotarem essa prática acabarão por otimizar o potencial empreendedor de seus colaboradores. Esse caminho significa para as organizações, o desenvolvimento dos colaboradores para trabalhos mais complexos, maiores responsabilidades e a busca de uma maior produtividade, por meio da vinculação de resultados e o sistema de remuneração. Para os colaboradores, significa um ambiente de trabalho com regras mais flexíveis e a possibilidade de ganhos maiores e um crescimento profissional. Para que se tenha colaboradores intraempreendedores na organização é necessário que ela própria seja empreendedora. Não adianta a organização ter colaboradores empreendedores sem que ela tenha criado uma cultura interna para recebê-los. Devem promover novos paradigmas, motivando os profissionais a atuarem não mais como coadjuvantes, mas como o responsável principal com um espírito ativo e inovador.

Reginaldo André
Especialista em Carreira Empreendedora

LEIA TAMBÉM
Capacitando Empreendedores, transformando vidas
....
Como identificar uma oportunidade de negócio
Este artigo tem por objetivo evidenciar como as importantes mudanças econômicas, sociais e políticas que vêm ocorrendo no cenário mundial desencadeiam tendências que geram oportunidades de negócio. ...
Empreendedorismo Inovando a educação, contribuindo com a produtividade do País
Que relação há entre educação escolar e empreendedorismo? A função da educação é preparar alunos com habilidades e competências suficientes para intervirem no meio em que estão inseridos e provocarem melhorias para si próprios e para a s...

Empreender Cursos

Unidade Pedreira
Rua Luis Novo, 41B - Santo Antonio - CEP: 13920-000
Fone: (19) 3893-6001

Unidade Jaguariúna
Rua Franco, 557 - Jardim Planalto
Fones: (19) 3722-1030 / 3837-3548

Formas de Pagamento

Siga-nos:

LiveZilla Live Help

Compartilhe:

© - Todos os direitos reservados - Empreender Cursos. 2018